segunda-feira, 22 de março de 2010

Dar aquilo que pode...

Digamos que você seja uma pessoa 100% radical! Então você pode dar 100% de radicalismo, correto?
Então você é radical na sua casa, no seu trabalho, no seu curso, em todos os ambientes em que você vive e convive. Esse é você.

Porém, se você tem uma afinidade maior com um punhado de pessoas, obviamente você será um pouco menos radical com elas. Em outras palavras, você estará dando 80% do seu radical + 20% de sua flexibilidade. Mas acontece uma coisa: Você não costuma ser uma pessoa flexível, logo, esses 20% de flexibilidade não são muito eficientes.

Na verdade é um esforço que você faz, para agradar a(s) pessoa(s) que você está lidando, e tornar essa relação o mais agradável possível.

Cabem às pessoas que te conhecem respeitar isso em você, e cabe a você esforçar-se a dar os 20% ou mais daquilo que você não costumar ter ou ser.

O mesmo deve ser exercido pela(s) outra(s) pessoa(s) que você se relaciona. E assim chegamos ao equilíbrio.

Quando digo "RELACIONA" estou me referindo a todos os tipos de relacionamentos: amorosos, amizade, profissional, familiar, etc.
Follow Me on Twitter